25 de fevereiro, 2024

Há quatro anos, o filho de Mussum espera pelo reconhecimento da paternidade e desiste do contato com seus irmãos.

Foto: Reprodução/Instagram

Nos cinemas, “Mussum, o filmis” retrata a trajetória de um famoso integrante de “Os Trapalhões”, embora deixando de lado um capítulo recente da história do comediante – sua morte em 1994. Quase trinta anos depois, seu legado ainda está sujeito a processos judiciais. Igor Palhano, dentista de 31 anos que descobriu ser filho de Mussum através de testes de DNA em 2019, continua lutando pelo reconhecimento da paternidade.

Igor não foi consultado sobre o filme e desistiu de qualquer tentativa de aproximação com a família paterna, que concordou com o reconhecimento. O irmão mais velho aceitou fazer o exame de DNA, mas depois disso todos viraram as costas para Igor, que até agora não recebeu nenhuma ajuda financeira do cantor. Ele afirma que está cansado de correr atrás de seus irmãos.

Igor iniciou uma ação em 2021 para ser incluído no inventário de seu pai, após seus quatro irmãos contestarem o direito dele na herança. Como resultado disso, os bens dos herdeiros permanecem bloqueados até que o processo seja concluído.

Durante o processo, foi solicitado que os irmãos assinassem um documento confirmando a paternidade biológica de Igor por Mussum e dando direito à inclusão dele no inventário do pai. Entretanto, eles se recusaram a fazê-lo, exigindo que o cirurgião-dentista apresentasse novamente um pedido para obter tal reconhecimento familiar.

Em 2019, a identificação da paternidade foi evidenciada por um teste de DNA. Em outubro do ano seguinte, Igor declarou seu desejo de exigir à sua designação familiar o sobrenome Bernardes Gomes e permanência vinculada ao pai adotivo. Além disso, enfatizou que mesmo sem necessitar de suporte financeiro não abdicará de seus direitos como herdeiros.

“Já me sinto reconhecido. O papel só mostra para a Justiça que eu sou filho dele”

Em julho de 1994, Mussum faleceu após ter-se submetido a um transplante cardíaco. Durante aquele período, a humorista Vivia com miocardiopatia e infelizmente contraiu uma infecção que resultou em sua morte prematura aos 53 anos de idade.

Compartilhe

Jethro Tull: Minstrel in the Gallery tinha tudo pra dar errado, mas deu muito certo!
Carlinhos Maia manda um "não sou antipático"
Xuxa abraça a causa "calabreso"?
A fenda da Geysy Arruda arrasou!
Olha a cobra, Massafera!
O que justifica a popularidade de figuras como Pablo Marçal e outros "coaches"?