18 de abril, 2024

13 fatos sobre Rock and Roll, do Led Zeppelin

A música “Rock and Roll” do Led Zeppelin, de 1971, é uma das canções mais conhecidas do catálogo da banda. Esta homenagem ao rock and roll clássico apresenta uma letra simples e direta, com referências a vários sucessos dos anos 50 e 60. O instrumental é poderoso e enérgico, com destaque para a guitarra de Jimmy Page e a bateria de John Bonham.

 

“Rock and Roll” é uma música que celebra o espírito do rock and roll, e é um clássico do gênero. É uma música que sempre anima os fãs da banda, e que continua a ser tocada em shows até hoje.

Vamos ver 13 fatos sobre esta grande canção do led Zeppelin? Bora lá!

 

01 – Como o título sugere, a música é baseada em uma das estruturas mais populares do rock and roll; ou seja, a progressão de blues de 12 compassos (em Dó). A frase “Rock and Roll” era um termo usado pelos músicos de blues, que significava simplesmente… sexo.

 

02 – Robert Plant escreveu as letras, que foram uma resposta aos críticos que afirmavam que seu álbum anterior, Led Zeppelin III, não era realmente rock and roll. Led Zeppelin III tinha um som mais folk acústico, e Plant queria provar que eles ainda podiam botar pra quebrar.

 

“Nós apenas pensamos que o rock and roll precisava ser retomado”, disse ele para a revista Creem em 1988. “Eu finalmente estava em uma banda de muito sucesso e sentimos que era hora de realmente arrasar porque não tínhamos tempo para isso – só queríamos deixar tudo fluir. Era uma coisa muito animal, uma coisa infernalmente poderosa, o que estávamos fazendo.”

 

03 – Essa música surgiu quando a banda estava trabalhando em ” Four Sticks ” na mansão Headley Grange que alugaram em Hampshire, Inglaterra, para gravar o álbum. Com um padrão de bateria praticamente impossível de tocar, John Bonham ficou frustrado com a sessão e a tensão aumentou. Num acesso de raiva, ele começou a tocar algo completamente diferente: um riff baseado na introdução da música “Keep a Knockin'” de Little Richard de 1957 (o grande Earl Palmer foi o baterista na canção).

 

 

04 – A banda deixou “Four Sticks” de lado e começou a trabalhar nessa nova música, que chamaram de “It’s Been a Long Time”. Jimmy Page tocou uma parte de guitarra e a estrutura da música foi concluída em cerca de 30 minutos.

 

05 – A banda costumava usar isso como bis ou para abrir shows ao vivo de 1971-1975.

 

06 – Ian Stewart, conhecido por seu trabalho com os Rolling Stones (ele era quase um membro do grupo, mas o empresário deles não achava que ele se parecia com o papel), tocou piano nesta faixa. Stewart estava presente porque o Led Zeppelin estava usando a unidade móvel de gravação dos Rolling Stones para gravar o álbum, já que a mansão Headley Grange não tinha estúdio. Stewart foi enviado como técnico para ajudar na gravação, mas foi muito útil em “Rock And Roll” quando eles precisavam de um piano boogie-woogie sério.

 

07 – Plant, Jimmy Page e John Paul Jones tocaram no Live Aid em 1985. Foi a primeira vez que tocaram juntos desde a morte de John Bonham em 1980. Tony Thompson e Phil Collins substituíram Bonham na bateria,mas a química não aconteceu muito bem com Page e Plant. Quando a banda se reuniu para um show beneficente em 10 de dezembro de 2007, estava com o filho de John Bonham, Jason, na bateria. Essa foi a última música que tocaram no show, que arrecadou dinheiro para o fundo educacional de Ahmet Ertegun. Além do Live Aid, os demais integrantes do Led Zeppelin tocaram em outras duas ocasiões. Quando a filha de Robert Plant, Carmen, completou 21 anos em 1989, eles tocaram na festa de aniversário dela. Eles também tocaram no casamento de Jason Bonham em 1990. Jason, filho de John Bonham, tocou bateria em ambas as apresentações.

 

08 – A música foi regravada por Def Leppard e Heart. Em 2001, foi gravado por Double Trouble (banda de apoio de Stevie Ray Vaughan), para seu álbum de 2001 Been A Long Time. Susan Tedeschi cantou a música principal na faixa.

 

09 – Todos os quatro membros da banda receberam créditos por isso. Muitas músicas do Zeppelin são creditadas apenas a Page e Plant.

 

10 – Esta foi a primeira música do Led Zeppelin usada em um comercial. A Cadillac o usou para lançar uma nova campanha publicitária em 2002 com o slogan “Breakthrough”. A empresa buscava uma imagem nova e moderna, já que seu público estava morrendo lentamente. Os comerciais foram ao ar pela primeira vez no Super Bowl e as vendas aumentaram 16% no ano seguinte.

 

11 – A letra “Já se passou muito tempo desde o livro do amor” é uma referência ao hit de 1958 dos Monotones, ” Book Of Love “, que também é referenciado em “American Pie “.

 

12 – Desde a morte de seu pai, Jason Bonham ocupou o lugar da bateria em vários shows de reunião do Led Zeppelin. Ele disse ao American Songwriter que esta é a música mais difícil do Zeppelin de tocar, pois “muitas pessoas por aí tentam tocá-la e, na verdade, é um embaralhamento com as duas mãos do começo ao fim, tocando as semicolcheias, não é apenas boom bap- boom-bap-boom-bap, é boom-boom-bap-bap-boom-boom-bap-bap na caixa e no chimbal. É difícil de tocar corretamente.

 

 

13 – Jimmy Page relembrou à revista Uncut como essa música parecia surgir do nada. “Estávamos gravando outra coisa quando John Bonham começou a tocar a introdução de bateria de ‘Keep a Knockin’ de Little Richard e eu imediatamente comecei a tocar o riff de ‘Rock And Roll’. Em vez de rir e voltar para a música anterior, continuamos. ‘Rock And Roll’ foi escrito em minutos e gravado em uma hora.

 

 

O programa Antigas Novidades falou sobre o Led Zeppelin e vale ouvir!!

 

Sobre o colunista

Aroldo Glomb

Jornalista formado. Podcaster. Conhecido no meio da música como “Dr. Rock”.

Compartilhe

outros conteúdos

Precisamos falar sobre Hot Space, do Queen, não é mesmo?
Mike Oldfield, com 19 anos, desbancou todo mundo em 1973 com Tubular Bells
Vale a pena ouvir Exercices (1972), do Nazareth?
Lay Down, Stay Down: uma história de desejo sob a ótica do Deep Purple
Vinil, CD ou Streaming: é a desordem que atrapalha a felicidade musical
Quem é o “tolo pela cidade” do Foghat?