24 de fevereiro, 2024

Fofão nervoso, Tob dispensado, Mike falando sobre sexo e drogas… O Balão Mágico revisitado

Foto: Reprodução

“A gente já deve ter tido uns 14 grupos de WhatsApp. Mas todo mundo saiu, só eu permaneci. É maneiro porque eu posso sacanear todo mundo e ninguém vê nada”, conta, aos risos, Michael Biggs, mais conhecido como Mike, aquele do Balão Mágico que “gosta muito de brincar”, como dizia a letra do hit “Amigos do peito”: “Eu falo pra eles: amo e odeio vocês. Acho todo mundo chato pra cacete, mas tenho um carinho enorme, são minha família. Somos de tribos diferentes, mas neste momento sou muito melhor, pois sou botafoguense”.

Continue lendo aqui

Fonte: Extra

Compartilhe

Jethro Tull: Minstrel in the Gallery tinha tudo pra dar errado, mas deu muito certo!
Carlinhos Maia manda um "não sou antipático"
Xuxa abraça a causa "calabreso"?
A fenda da Geysy Arruda arrasou!
Olha a cobra, Massafera!
O que justifica a popularidade de figuras como Pablo Marçal e outros "coaches"?