22 de maio, 2024

Inveja no trabalho? Veja os sinais.

Ok, ok, admito que o título te levou ao erro, como se, ao chegar ao final desta leitura, encontrasse uma resposta, mas não é o caso aqui, desculpe-me. Dito isso, vamos ao trabalho.

A inveja é aquela coisa que te leva à loucura, ou que te deixa para baixo, ou que, nos piores casos, te leva a pedir demissão só para não conviver com aquela pessoa. E para te deixar ainda mais confuso, há dois tipos de inveja: a neutra e a que quer te derrubar.

A inveja neutra é tranquila, todo mundo sente, todo mundo convive com ela. É aquele sentimento que você tem ou que a pessoa que trabalha com você sente com o seu sucesso. Ela quer ter o mesmo sucesso que você, mas, ok, não faz nada contra você, não mente sobre você, no máximo faz uma fofoquinha na hora do café dizendo que você está saindo com alguém para ter aquele cargo.

Agora, a inveja que quer te derrubar, prepare-se, você terá problemas. No filme “A Inveja Mata”, essa prática é, de maneira caricata, colocada em evidência. Para o invejoso, não basta o sucesso dele, ele quer ver também o seu fracasso. A sorte é que, na maioria das vezes, o invejoso é infinitamente incompetente. Ele não tem tempo para estudar, entender o projeto ou mesmo prestar atenção em uma reunião, porque ele está prestando atenção em você. Ele quer saber o que você está falando para criticar depois. O invejoso está pensando em qual loja da esquina você comprou aquela roupa cafona; se for de marca, pensa que é imitação.

O invejoso quer te derrubar não para pegar o seu lugar, ele não se importa com isso, ele quer te derrubar simplesmente porque não aguenta o seu sucesso. Não importa se você tem o mesmo cargo ou o mesmo salário do invejoso, ele não pode ver você sorrir, ele não pode ver você sendo elogiado. O invejoso é assim, é a lei do quanto pior, melhor.

Depois de algum tempo, um dos dois sempre vence a batalha, ou você, porque cresceu na empresa e teve a chance de demitir a pessoa que puxa toda a equipe para baixo, ou o invejoso que, de tanto te atormentar, se obrigou a enviar centenas de currículos para mudar de emprego ou simplesmente pediu demissão. Aí, o invejoso vai começar a invejar o seu substituto.

Identificar o invejoso não é fácil, e agora a bomba:

alguns nem sabem que são invejosos ou que estão fazendo mal para você, isso é fato e torna tudo ainda pior. Mas algumas dicas podem ser levadas em consideração na tentativa de identificar o invejoso perto de você:

  • Ele nunca te diz nada ruim quando você pergunta, mas sempre que pode faz um comentário depreciativo a seu respeito para os outros, na sua frente ou não.
  • O invejoso não sabe a diferença entre uma crítica construtiva e uma destrutiva, você simplesmente o irrita e acabou.
  • Para identificar o invejoso, conte a ele algum fato pitoresco da sua vida pessoal, tipo uma viagem para algum lugar exótico. Se ele contar para você como não gosta disso, como jamais faria tal viagem… Cuidado.
    Volto a reforçar: o bom invejoso existe sim. Ele quer ser tão bom, ter tanto sucesso quanto você. Quer ter o seu carro, a sua casa, ou até mesmo uma família como a sua, mas ele não se importa se você também tem, ele apenas quer, e para isso, ele vai trabalhar e não te sacanear.

Me siga no Instagram, estou por lá.
Acesse aqui

Sobre o colunista

Ediney Giordani

Jornalista, xoxial mídia, blogueiro, podcasteiro, escrevinhador de livros, pagador de promessas e impostos. Chão de Fábrica na KAKOI Comunicação.

Compartilhe

outros conteúdos

Você se compromete com aquilo que promete?
Será que existe mesmo a árvore dos problemas?
Que vê stories não vê corre.
Será que é verdade que ser bonzinho é ruim pra nossa vida?
Convite para o homem mais poderoso do mundo conhecido
A amizade, a fidelidade e a semana santa